Weby shortcut
instagram link
Youtube-play
Flickr

Comparação entre sistemas para criação de acervos digitais: análise dos softwares livres DSpace, EPrints, Fedora, Greenstone e Islandora a partir de novas dimensões analíticas

Os repositórios digitais estão cada vez mais integrados ao cotidiano, principalmente por possibilitar a universalização do conhecimento por meio de acesso rápido e, muitas vezes, gratuito a documentos.
Existem atualmente diversas opções de softwares disponíveis para este fim, dessa forma, para auxiliar os gestores responsáveis por definir a melhor ferramenta para seu projeto, originou-se o objetivo desta pesquisa, de analisar cinco principais softwares livres: DSpace, EPrints, Fedora, Greenstone e Islandora e verificar quais destes atendem o maior número de requisitos previamente classificados em dimensões analíticas.
O artigo Comparação entre sistemas para criação de acervos digitais: análise dos softwares livres DSpace, EPrints, Fedora, Greenstone e Islandora a partir de novas dimensões analíticas foi publicado nesta semana na InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação. A revista de publicação semestral da USP-Ribeirão, se dedica à divulgação especializada na área informacional, publicando principalmente pesquisas originais, como também documentos especiais, traduções e resenhas.
Comparação entre sistemas para criação de acervos digitais: análise dos softwares livres DSpace, EPrints, Fedora, Greenstone e Islandora a partir de novas dimensões analíticas
Autores: Dalton Martins, Joyce Siqueira, Marcel Ferrante.
Palavras-chave: Software livre; Repositórios digitais; Dimensões analíticas.
Resumo: Os repositórios digitais estão cada vez mais integrados ao cotidiano, principalmente por possibilitar a universalização do conhecimento por meio de acesso rápido e, muitas vezes, gratuito a documentos de toda ordem. Existem atualmente diversas opções de softwares disponíveis para este fim, dessa forma, para auxiliar os gestores responsáveis por definir a melhor ferramenta para seu projeto, originou-se o objetivo desta pesquisa, de analisar cinco principais softwares livres: DSpace, EPrints, Fedora, Greenstone e Islandora e verificar quais destes atendem o maior número de requisitos previamente classificados em dimensões analíticas.  Assim, foram analisadas 182 funcionalidades, divididas em 10 dimensões analíticas, dos quais obteve-se que o DSpace atende uma maior porcentagem de funcionalidades, com 57%, sendo seguido pelo EPrints, com 38%, a Islandora, com 36%, o Greenstone, com 23% e o Fedora, com 19%. A partir deste resultado, pretende-se oferecer aos gestores importante ferramenta de decisão.

Categorias : Artigo Artigos Científicos #Artigo artigos

Listar Todas Voltar